BLOG

TOC não é coisa só de gente grande

TOC não é coisa só de gente grande

Você tem alguma mania? Mexe no cabelo toda hora ou verifica o celular a cada cinco minutos? Quase todo mundo tem manias. Algumas delas vêm desde a infância e podem se tornar o chamado Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC). Portanto, saiba que o TOC não é coisa só de gente grande.

Como diferenciar?

  •       As manias e vontades costumam ser temporárias e fazem parte do desenvolvimento das crianças. Imitar o comportamento rotineiro dos adultos é uma atitude natural dos pequenos;
  •       O TOC faz parte da vida de 2% a 4% da população e 80% dos adultos demonstram alguns dos sintomas antes dos 18 anos de idade. Além das manias, vem acompanhado de ansiedade e a criança apresenta um comportamento repetitivo, que mexe com a rotina dela.

Como identificar e tratar?

  •       É importante ficar atento aos sinais a partir dos dois anos de idade. Por exemplo: se seu filho sempre arruma os carrinhos perfeitamente alinhados, ou se sua filha passa horas organizando as bonecas, pode ser um sinal de TOC. Caso seja necessário, procure um médico para que ele possa avaliar o caso. Quanto antes for feito o diagnóstico, mais eficaz será o tratamento;
  •       De onde vem o TOC? Pode ter origens genéticas (quando os pais já apresentam os sintomas) ou em decorrência de situações estressantes pelas quais a criança passe (mudança de escola, um novo bebê…);
  •       Alguns dos indícios mais comuns de Transtorno Obsessivo-Compulsivo são mania exagerada de limpeza ou de organização; medo de deixar a mãe ou o pai; medo de brincar com algo que possa sujar sua roupa. No entanto, as crianças podem apresentar sintomas diferentes, e os pais podem não perceber que esse comportamento é um distúrbio;
  •       Para o tratamento de TOC é fundamental o envolvimento das pessoas que têm contato com a criança: família, professores e amigos (no caso de adolescentes, por exemplo). Psicoterapia e medicamentos também auxiliam, de acordo com as recomendações médicas.

Agora que você já sabe que TOC não é coisa só de gente grande, fique atento! Para mais dicas sobre como educar filhos, assista aos nossos cursos!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn