BLOG

“Não levante a sua voz, melhore os seus argumentos.”

“Meu pai sempre me dizia: Não levante a sua voz, melhore os seus argumentos.”: Essa frase é atribuída a Desmond Tutu, Prêmio Nobel da Paz em 1984 por sua luta contra o Apartheid na África do Sul, seu País natal. 

Mas por que achamos que aumentando tom da nossa voz nós vamos ganhar uma discussão? 

Acontece quando o assunto é política, futebol ou religião. Mas também perdemos facilmente a calma – e a razão – quando lidamos com o marido, a esposa ou com os nossos filhos. 

E o que as crianças aprendem quando gritamos? Nada além de gritar também. 

Talvez você também faça isso, sem perceber. Porém, o ideal é que, em situações de conflito, saibamos reconhecer os nossos gatilhos, respirar fundo e buscar as palavras certas para conversar com o outro. 

A Mesa da Paz, por exemplo, pode ser uma excelente ferramenta para resolver um desentendimento em casa. A gente explica sobre a Mesa da Paz no Curso Educando com Disciplina Positiva

Outro recurso é fazer combinados com a criança. Dessa forma, você ensina ao seu filho  sobre regras – e sobre a negociação delas. 

Com o tempo, ele também vai aprender a argumentar ao invés de levantar a voz. E é bem provável que leve essa lição pra toda a vida.  

Saiba mais sobre Desmond Tutu:

O apartheid foi um sistema de segregação racial que mantinha as pessoas negras separadas das brancas na África do Sul. 

A segregação racial finalmente terminou no começo dos anos 1990. Em 1995, Tutu liderou um comitê que investigou os crimes do apartheid.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn