BLOG

Educar com ações é mais fácil do que com as palavras

Educar com ações é mais fácil do que com as palavras

Como diria Albert Schweitzer, teólogo alemão, “dar o exemplo NÃO é a melhor maneira de influenciar os outros. É a única”. Por isso, é preciso ter em mente que educar com ações é mais fácil do que com palavras.

Para começar, não pense que a boa educação do seu filho depende apenas da escola, das boas notas e do bom comportamento em sala de aula. O estilo de vida de quem cuida dele dentro de casa é observado o tempo todo.

Portanto, as crianças precisam ver atitudes do bem para copiar. Sendo assim, você deve se esforçar e parar para pensar no que pode melhorar.

Saiba mais:

  • Você obriga o seu filho a ler mais? Do que adianta se você vive na frente da televisão/celular nos momentos vagos? O indicado é estabelecer uma rotina de leitura ao lado dele.
  • Para estimular a paixão pelos livros, frequente a livraria. Deixe que ele se encante com as capas, folheie as histórias e, se estiver dentro do orçamento, peça que escolha um título para levar para casa.
  • Você não quer que seu filho tome refrigerante, mas não vive sem um litrão na geladeira só para você. Cadê a coerência? Proponha um desafio e parem com esse hábito juntos.
  • A comida saudável que você prepara para ele também deve ir para o seu prato. Atenção à alimentação!
  • Se ele flagra você jogando lixo no chão, vai achar que pode fazer o mesmo.
  • É fumante e espera que o seu filho não faça o mesmo? Faça um exame de consciência. Além correr o risco de influenciar a escolha da criança, você faz dela uma fumante passiva quando está dentro de casa.
  • Repreende quando ela fala palavrão, mas se prestar atenção vai perceber que ela aprendeu a falar dessa forma com você.

Portanto, lembre-se: educar com ações é mais fácil do que com as palavras! Para mais dicas sobre educar filhos, assista aos nossos cursos!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn