BLOG

Quais são as doenças de pele mais comuns nas crianças?

A pele dos pequenos é mais sensível que a dos adultos, já que ainda está em crescimento e com a imunidade em desenvolvimento. Por isso, para evitar infecções e alergias, conheça algumas das doenças de pele mais comuns nas crianças e previna-se

Brotoeja

Inflamação das glândulas sudoríparas, mais comum no verão, em razão da alta incidência de luz ultravioleta. Evite expor a criança a lugares quentes e úmidos, e fuja do sol nos horários de maior incidência (das 10h às 16h, principalmente no verão);

Assadura

Irritação causada pela urina em locais abafados e com as famosas dobrinhas. É recomendado secar bem a criança após o banho e nas trocas de roupa, além de usar fraldas que absorvam a urina. Use pomadas hidratantes ou à base de óleo, dermatologicamente aprovadas para os pequenos.

Alergia

O tipo mais comum é a reação alérgica a picadas de insetos (mosquitos, formiga, pulga…) e que causa algumas lesões na pele que podem se espalhar por todo o corpinho da criança. Mas também há a chamada dermatite de contato (alergia ao ter contatos com materiais, plantas…) e casos em que a criança tem alergia ao próprio suor, por exemplo;

Crosta láctea

Ou dermatite seborreica, é normal em bebês de até três anos. Consiste na grande produção de gordura no couro cabeludo e na pele, e forma as conhecidas caspas. É inofensiva e não é contagiosa, mas pode provocar coceira e irritação nos pequenos;

Dermatite atópica

A pele fica seca, com lesões e forte coceira. É mais comum em crianças que já possuem alguma sensibilidade imunológica ou histórico de alergias, asma etc.;

Catapora

Também chamada varicela, é provocada por vírus e caracterizada por coceira, machas vermelhas e bolhas espalhadas pelo corpo. É contagiosa e sua recuperação leva de 10 a 15 dias;

Micose

Infecção que se manifesta em manchas avermelhadas ou brancas, causadas por excesso dos fungos que existem naturalmente na pele.

Essas manchas causam coceira e podem decorrer de excesso de antibióticos e de umidade, além de calor e baixa imunidade. Portanto, para fugir de micoses, o recomendado é enxugar bem a criança após o banho e evitar que ela ande descalça em ambientes como vestiários ou piscinas.

Verruga

É desencadeada pelo vírus HPV e transmitida pelo contato com outras crianças. Apresenta-se como bolhinhas duras e claras.

Impetigo

Também chamado de impinge, é provocado por bactérias e forma feridas e bolhas com pus, que podem ocasionar dor, febre e coceira. Para prevenir, estimule hábitos de higiene como lavar as mãos e tomar banho regularmente.

Piolho

Normal da fase escolar, caracteriza-se por coceira no couro cabeludo e aparecimento de lêndeas nos cabelos.

Conclusão: algumas dessas doenças de pele mais comuns nas crianças podem ser evitadas com cuidados simples. Mas caso seu filho tenha algum desses sintomas, procure um dermatologista.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn