Blog

Como reduzir o sódio da alimentação

Sempre falamos aqui sobre como ter uma alimentação mais saudável para toda a família. Evitar produtos industrializados e cheios de açúcar e consumir alimentos naturais estão entre as dicas mais comuns.

O excesso de sódio no corpo causa problemas como hipertensão arterial, problemas cardíacos, mesmo em crianças. Por isso, quanto mais você demorar para introduzir o sal e produtos industrializados na alimentação do seu filho, melhor para a saúde dele.

  •    Naturalmente, frutas, legumes e verduras já possuem uma quantidade de sódio de sódio ideal para os pequenos. Quando for preparar o prato do bebê, não use sal para temperar. Prefira temperos frescos, como cebola, alho, cebolinha, salsa…
  •    Macarrão instantâneo, salgadinhos, biscoitos e comidas congeladas devem ser evitadas no dia-a-dia da criança, mesmo após os dois anos de idade. Carnes processadas, como salsicha e linguiça também devem ficar de fora;
  •    Fuja também dos sucos de caixinha, leites fermentados e do grande vilão: o refrigerante. Eles têm alta quantidade de sódio, mesmo em versões diet ou light. Escolha os sucos naturais de frutas, sem adoçar, se possível;
  •    Quando não for possível evitar produtos industrializados, leia o rótulo. O ideal é quando o volume de sódio é menor ou igual a 6% da alimentação diária.

Você também pode se interessar por:

  • Exercendo sua autoridade

  • Fale de segurança com seu filho

  • Ansiedade não é coisa só de adulto

  • Aprenda a dizer não!

Saiba como os cursos do MundoemCores.com
mudaram vidas de famílias como a sua!

  • “Pude começar a entender que quem tinha que mudar era eu”

    Sandra conheceu o MundoemCores.com por meio da escola do filho Enzo e começou a entender os sinais que ele apresentava. Entendeu que precisava mudar seu comportamento e hoje tem uma relação muito melhor com seu filho.

    Sandra Teixeira

  • “Muito obrigada por vocês terem trazido tudo isso pra minha família”

    Flaviane finalizou o curso Montessori em Casa e começou a assistir às aulas do Educando com Disciplina Positiva. Ela conta como sua vida mudou após aplicar o que aprendeu nos vídeos.

    Flaviane Cintia de Avila Dutra

  • “O curso nos fez entender como estimular a autonomia e a independência da nossa filha”

    Emanuelle e o marido passaram a entender aspectos de sua própria educação e a saber como, agora, agir com sua filha com objetivo de ajudá-la a se desenvolver. Ela afirma que os exemplos dados nas aulas facilitaram muito a colocar em prática tudo que foi aprendido.

    Emanuelle Rech

Siga nas redes sociais

FACEBOOK
INSTAGRAM
YOUTUBE