Blog

Como preparar as crianças para o futuro?

Como a tecnologia vai impactar o futuro dos nossos filhos? Que profissão eles terão? Muitos pais e mães se questionam: como preparar as crianças para o futuro?

Por Danielly Magioni

Como preparar as crianças para o futuro?

Se a tecnologia já impacta as crianças de hoje, imagina como será quando elas se tornarem adultas! Pensando nisso, muitos pais e mães se questionam: como preparar as crianças para o futuro?

Sim, porque, por exemplo, nem mesmo sabemos quais as profissões que nossos filhos terão. Isso porque existem pesquisas que apontam que 65% das crianças trabalharão em algo que ainda não foi inventado.

Uma dessas pesquisas, realizada pela fabricante Dell, sugere que 85% dos empregos de 2030 ainda não existem. Além disso, a previsão é que em menos de 15 anos milhões de brasileiros tenham suas carreiras impactadas pela automatização. E que até 2050, 80% das nossas atividades sejam automatizadas.

Por essas razões, empregos na área de tecnologia são uma grande aposta. Então, desenvolver algumas habilidades nessa área pode ser uma boa maneira de preparar as crianças para o futuro.

Características humanas serão diferenciais no futuro

Contudo, com tantas mudanças causadas pela automatização, especialistas apontam que um grande diferencial do adulto do futuro está relacionado às nossas características exclusivamente humanas. Ou seja, aquelas que as máquinas não terão condições de substituir: criatividade, relacionamento interpessoal, resiliência, colaboração, tomada de decisões, controle das emoções.

“Quando olhamos para a educação tradicional, nenhuma dessas habilidades são estimuladas ou levadas em conta, pelo menos não de forma que deem bons frutos. Na educação tradicional educa-se para a dominação e não para a colaboração. Não se educa para a resolução de problemas e sim para a obediência. Não se educa para o conhecimento e controle das emoções: ‘engole o choro!'”, critica Tamira Viana, autora do curso Entendendo o Comportamento da Criança (clique aqui).

Devido a isso, ela sugere que a educação seja repensada desde já. “Passamos da hora, enquanto sociedade, de repensar a educação das crianças. De abrir mão de vez das palmadas, violências físicas e verbais que trazem consequências graves para as crianças, como aumento da agressividade, problemas emocionais na vida adulta, depressão, uso de drogas e desajustes psíquicos”, completa.

Para que isso seja possível, Tamira sugere que pediatras, psicólogos, pedagogos, diretores e professores, mães e pais se unam em busca de novas formas de educar, mais eficazes e respeitosas. Disciplina Positiva, Montessori, Comunicação Não Violenta e Disciplina Consciente são alguns exemplos de abordagens que mostram esse novo caminho. (Conheça nossos cursos nessas áreas clicando aqui)

Sugestões de Harvard sobre criação de filhos

Pensando em como preparar as crianças para o futuro, psicólogos de Harvard propõem dicas básicas que são fundamentais quando se trata da criação de filhos nos tempos modernos. Veja quais são elas:

Passe momentos de qualidade com seus filhos

Isso quer dizer estar presente por inteiro, sem distrações. Ou seja, mesmo que sejam poucos minutos por dia, é importante que os pais esqueçam outras tarefas e, principalmente, o telefone celular, durante esses momentos. (Para saber mais sobre Parentalidade Distraída e suas consequências, clique aqui).

Além disso, é importante que se comuniquem abertamente com a suas crianças, ouvindo o que elas têm a dizer e dividindo momentos agradáveis juntos. Porque tudo isso fará com que elas cresçam tendo consideração com as outras pessoas e, acima de tudo, que tenham boas lembranças da infância.

Permita que seu filho veja em você um exemplo

Certamente você já sabe que crianças são esponjas absorvendo tudo o que acontece em torno delas, principalmente quando se trata de pai e mãe. Por isso, tenha sempre em mente que bons exemplos são fundamentais quando se trata de criar e educar crianças para o futuro. Isso quer dizer que ser um modelo para seus filhos também inclui admitir os próprios erros e se desculpar quando necessário, por exemplo.

Ensine seu filho a se importar com os outros e ter expectativas morais altas

Já falamos aqui neste texto que as características humanas serão fundamentais para o futuro. Por esse motivo, é importante que seu filho se socialize com os outros de maneira adequada, tendo empatia pelo próximo.

Por exemplo, diga sempre para a criança o quão importante é que todos se preocupem com os outros. Para isso, ensine-a sempre a fazer o certo, mesmo quando for difícil. E, além disso, como dissemos no item anterior, seja o modelo. Justifique os seus atos, sempre. Também esteja por perto para lembrar seu filho de suas obrigações e responsabilidades.

Incentive a criança a apreciar e a agradecer

Outra característica humana importante para preparar as crianças para o futuro é a gratidão. Quem a pratica é mais generoso, perdoa com mais facilidade e está sempre disposto a ajudar o próximo. E, é claro, tudo isso contribui para que seja mais feliz e saudável.

Por esses motivos, ajude a sua criança a sempre reconhecer o papel de cada pessoa à sua volta. E, mais uma vez, seja o exemplo. Mas, por outro lado, esteja atento para não agradecer por coisas que são obrigação. Desse modo, os psicólogos de Harvard alertam que a gratidão deve vir de algo que não se espera.

Ensine a criança a enxergar o bem maior

Voltando a falar sobre empatia, também é importante que a criança seja ensinada a ampliar o grupo. Ou seja, a se importar não apenas com a família e amigos próximos, mas também com outros com os quais não estejam diretamente relacionados. Afinal, ela precisa entender que as suas ações impactam uma comunidade inteira.

Em resumo, você pode, sim, investir na educação do seu filho, colocando-o em cursos por exemplo, mas tenha sempre em mente que a base deve ocorrer em casa. Ou seja, os pais precisam auxiliar a criança a desenvolver habilidades, como a inteligência emocional, como dissemos, para prepará-la para o futuro. Pensando nisso, preparamos diversos cursos para dar aquela força. Confira aqui!

Você também pode se interessar por:

  • A primeira viagem do bebê

  • Meu filho voltou a fazer xixi na cama. O que fazer?

  • Educar com ações é mais fácil que educar com as palavras.

  • Sobre como falar com a criança

    Como falar para a criança ouvir

Saiba como os cursos do MundoemCores.com
mudaram vidas de famílias como a sua!

  • “Muito obrigada por vocês terem trazido tudo isso pra minha família”

    Flaviane finalizou o curso Montessori em Casa e começou a assistir às aulas do Educando com Disciplina Positiva. Ela conta como sua vida mudou após aplicar o que aprendeu nos vídeos.

    Flaviane Cintia de Avila Dutra

  • “Você se prepara pra tudo na vida. Pra ser mãe, você não se prepara!”

    Carolina buscava orientação para dar uma melhor educação à filha Maria Clara. Viu no evento presencial realizado pelo MundoemCores.com, em Maceió/AL, uma forma diferente de lidar com a personalidade da sua filha.

    Carolina Lira

  • “O curso nos fez entender como estimular a autonomia e a independência da nossa filha”

    Emanuelle e o marido passaram a entender aspectos de sua própria educação e a saber como, agora, agir com sua filha com objetivo de ajudá-la a se desenvolver. Ela afirma que os exemplos dados nas aulas facilitaram muito a colocar em prática tudo que foi aprendido.

    Emanuelle Rech