BLOG

Como manter uma boa relação com o adolescente

Como manter uma boa relação com o adolescente

Eles crescem rápido. Quando se dá conta, aquele menininho se transformou num rapagão e a sua menininha se tornou uma moça. Mas, como manter uma boa relação com o adolescente?

Antes de mais nada, é importante saber que além das transformações físicas, os hormônios podem fazer com que mudam o humor também. Com isso, ficam impacientes, intolerantes e, muitas vezes, irresponsáveis.

Portanto, essas mudanças repentinas podem atrapalhar a comunicação entre pais e filhos. Mas, antes mesmo da adolescência chegar, você deve se preocupar em construir uma relação sólida com as suas crianças.

Saiba mais:

  • Os pais devem orientar e observar os filhos ainda na primeira infância. A construção de um bom relacionamento em família deve começar bem antes da fase complicada.
  • Pense bem: você sempre esteve ausente alegando falta de tempo e, de uma hora para outra, decide impor limites e regras. Ou seja, forçar a barra não vai funcionar. Então, é melhor agir o quanto antes para prevenir problemas futuros.
  • Além disso, acerte a dose na conversa. Tem que equilibrar rigidez e liberdade. Dizer não sempre, sem justificativas, pode deixar o jovem cada vez mais irritado. E satisfazer todos os caprichos e desejos, acaba passando a mensagem de que você não está se importando. Seja equilibrado!
  • Se você quer saber como manter uma boa relação com o adolescente, saiba que comunicação é uma via de mão dupla. Você deve ouvir o seu filho e observar as reações dele. Mesmo que a conversa esquente, tente não levantar o tom de voz. É melhor acalmar e retomar o assunto em outro momento.
  • Também tente não envolver muita gente na conversa. Converse você e seu filho e tentem acertar os ponteiros. Mais gente participando acaba constrangendo o adolescente.
  • Seja muito discreto na hora de impor as suas verdades. Deixe que o jovem sinta que foi ele quem tomou a decisão.
  • Seja adulto. Não converse como um adolescente, com gírias que eles usam. É importante que seu filho veja a diferença de idade e te respeite. Também não seja muito moderninho ou liberal demais. Ele pode achar que você está fazendo pouco caso.

E, se você quer preparar a sua relação com seu filho adolescente ainda na primeira infância, assista aos nossos cursos!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn