BLOG

Como lidar com as birras da criança

Como lidar com as birras da criança

Como lidar com as birras da criança? Todas elas passam por isso, não é verdade? A partir de 1 ano e meio de idade, os pequenos começam a querer impor suas vontades e experimentar os limites dos adultos. Por isso, muitas vezes insistem em querer um brinquedo, ou em não querer colocar uma roupa. Aí começam a chorar e fazem AQUELE escândalo…

Além disso, é importante entender que essas explosões emocionais, que é como os especialistas preferem chamar, também ocorrem porque a criança ainda não sabe lidar com as próprias emoções.

Como saber se é birra ou manha?

  •       A birra costuma ser passageira e acontece quando a criança ainda não consegue assimilar o motivo da negação de suas vontades, e começa a gritar e a chorar sem necessidade. A partir dos 18 meses, ela começa a perceber que é uma pessoa diferente de seus pais. As birras, por mais que não façam sentido, são as formas que a criança encontrou para começar a manifestar suas vontades;
  •       A manha é quando os pequenos querem chamar a atenção e pode durar a vida toda. Pode ocorrer por causa da chegada de um irmãozinho ou em um período em que estejam doentinhos, por exemplo.

Como lidar com a birra da criança?

  •       Antes de sair, converse com seu filho e diga que não poderá comprar o brinquedo que ele tanto quer naquele momento. Ouça-o também, e ajude-o a lidar com a frustração;
  •       Se a birra for em casa, deixe-o à vontade para extravasar a raiva. Às vezes, é só isso de que ele precisa. Apenas diga que está ali, caso ele precise;
  •       Tente fazer a criança tirar o foco da birra, com algum objeto que você tenha na bolsa ou dando alguma tarefa;
  •       Por mais que a birra também deixe você com os nervos à flor da pele, um abraço pode ser um ótimo calmante. Simplesmente envolver a criança em seus braços já ajuda. 🙂

Fique atento:

  •       Se os ataques acontecerem com muita frequência e persistirem por mais de 30 minutos;
  •       Se seu filho é agressivo em excesso, consigo ou com os outros, ou acaba perdendo o fôlego durante a birra;

·       Os chamados “terríveis dois anos” começam por volta dos 18 meses e vão até os 4 anos. Caso ainda ocorram muitas birras após essa idade, é bom conversar com um especialista. E, se quiser saber como lidar com a sua criança, assista aos nossos cursos.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn