BLOG

Como funciona a Disciplina Positiva?

Como funciona a Disciplina Positiva

Existem cinco fundamentos da Disciplina Positiva. Venha saber quais são eles e como funciona essa abordagem

Você sabe como funciona a Disciplina Positiva? Essa abordagem é baseada em cinco critérios que o adulto deve observar na hora de educar as crianças. Tudo para que elas desenvolvam habilidade de vida e tornem-se adultos bem-sucedidos. Ou seja, para que sejam felizes e contribuam para o bem da sua comunidade. Veja só quais são esses critérios:

Ajudar a criança a se sentir CONECTADA

A criança precisa sentir que ela é aceita em sua família/escola e, também, que é capaz de contribuir. Quando as incluímos nas decisões diárias, principalmente as que dizem respeito a elas mesmas, permitimos que se sintam importantes e significativas.

Para isso, é preciso nos conectar com elas, convidá-las a cooperar, escutá-las de verdade, considerando o que têm a dizer. Por exemplo, pesquisas recentes atestam que as crianças são programadas desde o nascimento para estabelecerem conexões e, quando isso acontece, elas costumam apresentar menos comportamentos considerados inadequados.

Encorajar RESPEITO MÚTUO

A Disciplina Positiva tem como uma de suas premissas a firmeza e gentileza ao mesmo tempo. E, além disso, o respeito mútuo. Ou seja, não é apenas a criança que deve respeitar o adulto, o contrário também deve acontecer. Isso porque os adultos são o modelo de respeito.

Ser efetiva a LONGO PRAZO

Pais, mães e outros educadores devem ter em mente que a educação que estão dando para a criança hoje vai impactar em quem ela é e será no futuro. Desse modo, o adulto precisa guiar o ser que está em desenvolvimento para ele busque soluções que o ajudem na solução de conflitos e problemas. 

Ensinar HABILIDADES SOCIAIS e DE VIDA

Uma vez que a educação precisa ser efetiva a longo prazo, torna-se necessário ensinar habilidades sociais e de vida, como o respeito, o cuidado com o outro, a resolução de problemas, a responsabilidade, o autocontrole e a cooperação, por exemplo.

Incentivar a DESCOBRIR SUAS CAPACIDADES

Além disso, a maneira como educamos precisa incentivar a criança a descobrir as próprias capacidades. Portanto, deve encorajar o uso construtivo do poder pessoal e desenvolver a autonomia. Sendo assim, a criança vai aprender a confiar em si mesma, a aprender com os próprios erros, sem que seja castigada ou julgada.

Em resumo, a Disciplina Positiva é uma abordagem que nos permite potencializar as habilidades de nossos filhos, tornando-os pessoas mais plenas e felizes no futuro. Ou seja, é possível educar crianças sem a necessidade de palmadas, castigos e gritos. E, é claro, sem perder a autoridade de pai, mãe e professor. 

Afinal, aprendemos mais facilmente quando estamos envolvidos, não é verdade? Para saber mais, assista aos nossos cursos Educando com Disciplina Positiva e Entendendo o Comportamento da Criança.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn