BLOG

Boa notícia para alérgicos a amendoim

Você sabia que é possível cultivar tolerância à proteína presente no amendoim e reduzir as chances de ataques alérgicos?

Um estudo do Evelina Children’s Hospital, em Londres, na Inglaterra, expôs crianças altamente alérgicas a amendoim, aos poucos, a extratos do produto.

O resultado mostrou que dois terços conseguiram desenvolver uma resistência.

Desta forma, a quantidade de amendoins que eles poderiam comer com segurança passou a ser maior.

Além disso, houve aumento da tolerância inicial em 100 vezes, em média.

 A pesquisa, oficialmente chamada de “Estudo de Imunoterapia Oral de Alergia a Amendoim AR101 para Dessensibilização (Palisade), envolveu 496 crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos.

As descobertas, publicadas no New England Journal of Medicine, revelaram que 67% dos participantes podem tolerar pelo menos 600mg de proteína do amendoim,

Isso seria o equivalente a dois amendoins inteiros, sem desencadear reações alérgicas.

Além disso, metade dos participantes pode consumir o equivalente a quatro amendoins.

Com isso, reduz-se significativamente o risco de uma reação alérgica ameaçadora, o que pode ocorrer quando os alimentos não especificam claramente os seus componentes nos rótulos.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn