BLOG

“As crianças fazem melhor quando se sentem melhores.”

“As crianças fazem melhor quando se sentem melhores.”, assim falou Jane Nelsen. Mas por que tanta gente gosta de complicar e fazer a criança se sentir mal como forma de educá-la? 

Sim, tem adulto que (ainda) acredita que é melhor gritar com a criança, bater, colocar de castigo, humilhar, porque é assim que a criança vai aprender a se comportar.

Só que nada disso funciona e esse pai, ou essa mãe, às vezes passa a infância e a adolescência inteira desse filho em conflito com ele. 

Muito mais fácil seria, diante do mau comportamento da criança, você respirar fundo – para se acalmar e não fazer algo de que se arrependa depois – e então utilizar ferramentas simples como abaixar, olhar nos olhos dela e conversar. 

Vai dar certo de primeira? Talvez não. De segunda? Nem sempre. Mas com o tempo a criança verá, pelo seu exemplo, que existe sim uma forma respeitosa de lidarmos com os nossos problemas. E isto passará a ser algo natural pra ela. 

Fora que, quando acolhida, ela vai se sentir melhor. E então agirá de um jeito melhor, como propôs Jane Nielsen. 

Quando, ao contrário, brigamos com a criança, a tendência é que o nosso canal de comunicação com ela seja fechado. Como bem explica a nossa Apresentadora Viviani Costa, do Programa Fralda Justa, neste áudio:

“As crianças melhoram quando se sentem melhores.”

Você pode melhorar a si mesma(o) e, de quebra, melhorar o seu filho. Conheça a Escola de Pais MundoemCores.com, assine e assista quando quiser a todo o nosso conteúdo online, incluindo o Curso Educando com Disciplina Positiva.

Saiba mais sobre Jane Nelsen

Psicóloga, educadora e mãe de sete filhos, Jane Nelsen desenvolveu o conceito de Disciplina Positiva a partir das teorias de Alfred Adler e Rudolf Dreikurs, concebendo um programa altamente eficaz em que a disciplina é ensinada de uma maneira respeitosa e encorajadora, tanto para as crianças como para os adultos.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn