Blog

Será que o seu filho já está pronto para ganhar um celular?

Tem a questão da segurança. Basta uma ligação ou uma mensagem para receber uma resposta que alivia. Seu filho também pode passar por uma situação de emergência quando estiver longe de você e, com o celular, pode entrar em contato mais facilmente. Mas o uso excessivo pode comprometer a saúde do pequeno, causando dores na nuca, nos olhos, nos polegares e, em muitos casos, o aparelho causa agitação atrapalhando o sono e até a concentração.

Então como saber se ele está preparado para ter um celular e como educar o uso?

  • Primeiro: não caia no papo dele de que “todos” os amiguinhos têm um celular. A maioria já usou, mas muitos ainda são emprestados dos pais. Avalie se é realmente necessário, se ele dorme na casa dos colegas ou precisa ficar muito tempo sozinho longe de você. A verdade é que antes dos 7 anos, o aparelho funciona mais como um brinquedo.
  • Antes de comprar, faça um treino com um celular mais antigo. Deixe que ele use quando precisar te ligar pedindo para ser buscado numa festinha da escola, por exemplo.
  • Se resolver comprar um celular novo, estabeleça um valor mensal fixo. Serve um pré-pago, por exemplo. E peça que a criança pague com a mesada. Assim ela aprende a economizar desde cedo.
  • Estabeleça uma rotina de uso. Fique atento ao uso e imponha limites, mesmo que seja para jogar.
  • Oriente para que ele não passe o número para desconhecidos e que não atenda ligações na rua, por causa do risco de assaltos e desatenção no trânsito.

Tem alguma dica para compartilhar com os outros pais? A sua participação é muito importante. Vamos construir um #MundoemCores juntos!

Você também pode se interessar por:

  • Meu filho quer um cachorro. E agora?

  • Como ensinar o valor do dinheiro aos meus filhos?

  • Fique atento às birras!

  • Insista para que o seu filho coma fora da caixinha!

Saiba como os cursos do MundoemCores.com
mudaram vidas de famílias como a sua!

  • “Você se prepara pra tudo na vida. Pra ser mãe, você não se prepara!”

    Carolina buscava orientação para dar uma melhor educação à filha Maria Clara. Viu no evento presencial realizado pelo MundoemCores.com, em Maceió/AL, uma forma diferente de lidar com a personalidade da sua filha.

    Carolina Lira

  • “Trabalho com o Método Montessoriano e vejo como ele facilita o aprendizado da criança”

    Valéria é Orientadora Pedagógica de São Luiz do Maranhão e encontrou no curso Montessori em Casa uma forma de aumentar seu conhecimento sobre essa filosofia e se preparar ainda mais para transmitir seus ensinamentos às crianças com quem trabalha.

    Valéria Ferreira Santos

  • “Muito obrigada por vocês terem trazido tudo isso pra minha família”

    Flaviane finalizou o curso Montessori em Casa e começou a assistir às aulas do Educando com Disciplina Positiva. Ela conta como sua vida mudou após aplicar o que aprendeu nos vídeos.

    Flaviane Cintia de Avila Dutra

Siga nas redes sociais

FACEBOOK
INSTAGRAM
YOUTUBE