Blog

Meu filho cresceu. E agora?

Eles crescem rápido. Quando você percebe, aquele pequenininho se transformou num rapagão e a sua princesa se tornou uma moça.

Mais que as transformações físicas, muitos adolescentes mudam o humor também. Ficam impacientes, intolerantes e, muitas vezes, irresponsáveis. As mudanças repentinas podem atrapalhar a comunicação entre pais e filhos. Mas antes mesmo da adolescência chegar, você deve se preocupar em construir uma relação sólida com os seus filhos.

  • Os pais devem orientar e observar os filhos ainda na primeira infância. A construção de um bom relacionamento em família deve começar bem antes da fase complicada começar.
  • Pense bem: você sempre esteve ausente alegando falta de tempo e, de uma hora para outra, decide impor limites e regras. Forçar a barra não vai funcionar. Então é melhor agir o quanto antes para prevenir problemas futuros.
  • Acerte a dose na conversa. Tem que equilibrar rigidez e liberdade. Dizer não sempre, sem justificativas, pode deixar o jovem cada vez mais irritado. E satisfazer todos os caprichos e desejos, acaba passando a mensagem de que você não está se importando. Seja equilibrado!
  • A comunicação é uma via de mão dupla. Você deve ouvir o seu filho e observar as reações dele. Mesmo que a conversa esquente, tente não levantar o tom de voz. É melhor acalmar e retomar a conversa em outro momento.
  • Tente não envolver muita gente na conversa. Converse você e seu filho e tentem acertar os ponteiros. Mais gente participando acaba constrangendo o adolescente.
  • Seja muito discreto na hora de impor as suas verdades. Deixe que o jovem sinta que foi ele quem tomou a decisão.
  • Seja adulto. Não converse como um adolescente, com gírias que eles usam. É importante que seu filho veja a diferença de idade e te respeite. Também não seja muito moderninho ou liberal demais. Ele pode achar que você está fazendo pouco caso.

Siga todas essas dicas e depois conte para gente se deu algum resultado, combinado?

Você também pode se interessar por:

  • Briga entre irmãos

  • Ensine seu filho a ser grato.

  • Dica de livro sobre a criança

  • Sobre a maternidade

Saiba como os cursos do MundoemCores.com
mudaram vidas de famílias como a sua!

  • “Trabalho com o Método Montessoriano e vejo como ele facilita o aprendizado da criança”

    Valéria é Orientadora Pedagógica de São Luiz do Maranhão e encontrou no curso Montessori em Casa uma forma de aumentar seu conhecimento sobre essa filosofia e se preparar ainda mais para transmitir seus ensinamentos às crianças com quem trabalha.

    Valéria Ferreira Santos

  • “O curso nos fez entender como estimular a autonomia e a independência da nossa filha”

    Emanuelle e o marido passaram a entender aspectos de sua própria educação e a saber como, agora, agir com sua filha com objetivo de ajudá-la a se desenvolver. Ela afirma que os exemplos dados nas aulas facilitaram muito a colocar em prática tudo que foi aprendido.

    Emanuelle Rech

  • “Pude começar a entender que quem tinha que mudar era eu”

    Sandra conheceu o MundoemCores.com por meio da escola do filho Enzo e começou a entender os sinais que ele apresentava. Entendeu que precisava mudar seu comportamento e hoje tem uma relação muito melhor com seu filho.

    Sandra Teixeira

Siga nas redes sociais

FACEBOOK
INSTAGRAM
YOUTUBE