Blog

Incentive o hábito da escrita

Em tempos tão modernos, em que todos digitamos o tempo inteiro, parece até estranho dizer isso, né? Mas uma pesquisa da universidade norueguesa de Stavang mostra que o hábito de escrever à mão abrange muitos sentidos, o que facilita a fixação do que é aprendido.  

Isso porque, ao escrever, é criada uma “memória sensorial e motora”, que auxilia na assimilação das letras e do que foi lido e escrito. Como ajudar, então?

  •       Diferente de clicar nas letras do celular ou do teclado do computador, escrever à mão exige mais atenção no início da alfabetização. Ajude a criança nesse processo de descoberta: de segurar o lápis a perceber as diferenças entre as letras e formar as primeiras palavras;
  •       Tudo começa com a leitura. Sempre mostramos aqui a importância de incentivar os pequenos a ter intimidade com os livros. Dedicar 30 minutos do dia para leitura de histórias com seus filhos é uma boa ideia, mesmo quando a criança já aprendeu a ler 😀
  •       Deixe papel e lápis à disposição de todos em casa. Eles podem ser usados para deixar bilhetes ou fazer a lista de compras, por exemplo;
  •       Que tal usar a escrita em brincadeiras no fim de semana? Recorte palavras e imagens de revistas e jornais e monte um pôster sobre um tema que seu filho curta? Vale algum desenho, sonhos, time de futebol, artista… Depois pode deixar o quadro no quarto da criança, para que ela assimile as palavras;
  •       Demonstre interesse e valorize os primeiros desenhos e letras, guardando-os, sem exigir perfeição de forma exagerada.

Você também pode se interessar por:

  • Não ignore as pequenas felicidades

  • Quanto pesa a mochila?

  • 8 razões para amamentar até os 2 anos

  • Brincadeiras só são legais quando todos se divertem.

Saiba como os cursos do MundoemCores.com
mudaram vidas de famílias como a sua!

  • “Pude começar a entender que quem tinha que mudar era eu”

    Sandra conheceu o MundoemCores.com por meio da escola do filho Enzo e começou a entender os sinais que ele apresentava. Entendeu que precisava mudar seu comportamento e hoje tem uma relação muito melhor com seu filho.

    Sandra Teixeira

  • “O curso nos fez entender como estimular a autonomia e a independência da nossa filha”

    Emanuelle e o marido passaram a entender aspectos de sua própria educação e a saber como, agora, agir com sua filha com objetivo de ajudá-la a se desenvolver. Ela afirma que os exemplos dados nas aulas facilitaram muito a colocar em prática tudo que foi aprendido.

    Emanuelle Rech

  • “Muito obrigada por vocês terem trazido tudo isso pra minha família”

    Flaviane finalizou o curso Montessori em Casa e começou a assistir às aulas do Educando com Disciplina Positiva. Ela conta como sua vida mudou após aplicar o que aprendeu nos vídeos.

    Flaviane Cintia de Avila Dutra

Siga nas redes sociais

FACEBOOK
INSTAGRAM
YOUTUBE