Blog

Brincadeira sustentável

Já parou pra pensar em como os brinquedos são logo esquecidos pelas crianças? O tempo passa e elas crescem tão rápido, não é? O que fazer com aquele presente pelo qual pagou caro e seu filho já não dá a mínima? Jogar fora ou entulhar em um canto não é uma opção muito legal… Melhor doar, não é? 😀

Em tempos de conscientização ambiental, é sempre bacana procurar alternativas que contribuam para gerar menos lixo. Se a intenção é reduzir gastos na hora de incentivar a brincadeira, olha só essas dicas:

  •       Que tal montar um grupo de trocas de brinquedos entre os primos, vizinhos, amiguinhos da escola… Vale marcar um encontro no prédio, no parque ou na pracinha e cada um leva alguns objetos que não queira mais. Assim, as crianças podem trocar por outras coisas que achem mais legais 🙂
  •       Outra boa ideia é o aluguel de brinquedos, serviço que já é bem conhecido em várias partes do mundo. Os brinquedos pelos quais seu filho não se interessa mais não precisam ficar acumulados em casa: é só devolver e, se quiser, alugar outro.

Já experimentou o aluguel ou a troca de brinquedos? Conta pra gente!

Você também pode se interessar por:

  • Não dá chupeta, não.

  • Tios podem ser amigos para toda a vida

  • Uma atividade física ideal para cada idade. Só não pode ficar parado!

  • Tem nota baixa no boletim. E agora?

Saiba como os cursos do MundoemCores.com
mudaram vidas de famílias como a sua!

  • “Pude começar a entender que quem tinha que mudar era eu”

    Sandra conheceu o MundoemCores.com por meio da escola do filho Enzo e começou a entender os sinais que ele apresentava. Entendeu que precisava mudar seu comportamento e hoje tem uma relação muito melhor com seu filho.

    Sandra Teixeira

  • “Eu vi que é possível estruturar a casa para receber os filhos com o respeito que merecem”

    Greicy conheceu o curso quando buscava conhecimento para apresentar às seguidoras da sua fanpage, Mães no Comando, e revela que acabou mudando a sua forma de pensar. Ela disse já observar a transformação de suas filhas, depois da sua própria transformação.

    Greiciely Magno

  • “O curso nos fez entender como estimular a autonomia e a independência da nossa filha”

    Emanuelle e o marido passaram a entender aspectos de sua própria educação e a saber como, agora, agir com sua filha com objetivo de ajudá-la a se desenvolver. Ela afirma que os exemplos dados nas aulas facilitaram muito a colocar em prática tudo que foi aprendido.

    Emanuelle Rech

Siga nas redes sociais

FACEBOOK
INSTAGRAM
YOUTUBE